Cidades Inteligentes são cidades livres do FRACKING

 

WhatsApp-Image-20160523

Prefeitas e Prefeitos das cidades do Ceará estão reunidos em Fortaleza para o Seminário Cidades Inteligentes 2016 estão conhecendo os riscos e perigos do fraturamento hidráulico, tecnologia altamente poluente para extração do gás de xisto conhecido como FRACKING.  Ao todo, o Ceará possui 184 municípios.

Banido em vários países, o método não convencional contamina as reservas de água de superfície e aquíferos, torna o  solo infértil para a agricultura e qualquer outra atividade produtiva, polui o ar e causa câncer nas pessoas e animais.

A atividade está sendo coordenada pela Associação dos Prefeitos do Estado do Ceará (Aprece), através do assessor de desenvolvimento rural Nicolas Fabre, parceiro da campanha Não Fracking Brasil, que está mobilizando os prefeitos da região Nordeste do Brasil. Ao todo, são 15 estados brasileiros que podem ser impactados pelo Fracking.

Veja no MAPA quais as cidades brasileiras com lotes ofertados pela ANP e que podem ser impactadas pelo fraturamento hidráulico. É possível ver as localidades por Estado.

A campanha Não Fracking Brasil também conta com o apoio da Confederação Nacional de Municípios (CNM), que deverá encaminhar sugestão para todos os 372 municípios que podem ser atingidos pelo FRACKING no Brasil.

A diretora da 350.org Brasil e América Latina, Nicole Figueiredo de Oliveira, participou da Marcha dos Prefeitos realizada pela CNM realizada este mês em Brasília como convidada e fez palestra sobre os riscos e perigos do Fracking. Centenas de prefeitos também receberam o kit com informações sobre a campanha e foram orientados como proceder para impedir a exploração do gás de xisto pelo método não convencional FRACKING.

 

Foto: Aprece

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Enquire here

Give us a call or fill in the form below and we'll contact you. We endeavor to answer all inquiries within 24 hours on business days.
[contact-form-7 id="5208"]